Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Açúcar e Pimenta

BLOG PESSOAL ONDE OS PENSAMENTOS VOAM E TUDO PODE ACONTECER

Açúcar e Pimenta

BLOG PESSOAL ONDE OS PENSAMENTOS VOAM E TUDO PODE ACONTECER

17
Fev19

Estarei eu a ser pouco rígida?¿

A.

Comecei a trabalhar na empresa onde estou agora à três anos e desde então que sempre foram aparecendo alguns desafios pelo meio. Uns mais básicos que outros, mas sempre todos foram entusiasmantes para mim até mesmo o último que me foi proposto, e digo já que não foi completamente surpresa, porque o meu íntimo dizia que isso podia acontecer, embora eu nunca quisesse ter colocado essa hipótese, mas aconteceu. Calhou-me a mim na rifa assumir a chefia de uma das equipas. E digo já que não tem sido nada fácil. Tenho tido uma experiência daquelas que dá luta até mais não, que são no fundo as melhores, porque são as que nos fazem crescer e evoluir mais.

Não tem sido fácil, não porque o trabalho de logística seja difícil, porque não tem sido, mas tem sido difícil sobretudo na parte de gerir pessoas. Tenho apanhado de tudo, todas muito diferentes mas todas iguais num aspeto. Se nos puderem ver mal, nada vão fazer para o contrário.

E depois claro que dou por mim muitas vezes a subestimar-me como chefe. Nunca quis ser a chefe que ninguém pode ver à frente e que implementa regras até mais não e que diz não a tudo e que não é sensível perante certas situações do resto da equipa, mas também nunca quis ser a chefe bacana e cool, que toda a gente adora e depois quando um dia se tem mesmo que dizer não a coisa corre mal. Sempre tentei encontrar um pouco o equilíbrio . É nisto que acho que tenho falhado.

Por não querer ser má acabo por permitir certas situações, que não têm mal nenhum se acontecerem uma ou duas vezes e por isso não chamo a atenção, mas depois são situações que se tornam repetitivas e nesse caso eu já não gosto. O problema é que como não chamei a atenção à primeira depois também já não me levam a sério.

Estarei eu a ser pouco rígida?

Deveria eu chamar mais vezes à atenção sobre as coisas que estão menos bem logo de uma vez e acabar logo com o mal pela raiz e pronto? Mas e se sou muito brusca? O meu maior receio é não saber comunicar com a equipa e interpretarem-me de uma forma completamente oposta.

A sério que gostava mesmo de ter algum tipo de formação de gestão de equipas ou ter nascido ensinada sobre esse assunto, mas como nem uma coisa nem outra, tenho estado a aprender sozinha com a própria da experiência e lá vou testando várias formas até encontrar o que mais resulta para cada tipo de pessoa, porque nem todos gostamos de ser tratados da mesma forma e por isso também tenho que me adaptar a cada feitio.

Por um lado acho que não me tenho saído assim tão mal, mas por outro... Tenho tanto que evoluir e melhorar!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D